IFV selecionado em edital para fortalecimento de áreas naturais protegidas

O Instituto Floresta Viva foi um dos selecionados, no ano de 2023, no edital “Teia de Soluções” com foco em propostas fortalecedoras para áreas naturais protegidas. 

Este edital é realizado em parceria entre a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB), a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (FAPEG) e o Governo do Paraná.

Por meio do edital, o Instituto vem recebendo apoio financeiro para execução de pesquisas voltadas para o mapeamento da flora e fauna, análises de solo, campanhas de campo para diálogo com a comunidade local e levantamento de atrativos turísticos de base comunitária.  

Com o respaldo de especialistas em ecologia e botânica, buscamos preservar a diversidade de espécies de fauna e flora, muitas das quais são endêmicas ou ameaçadas de extinção. Nosso objetivo é estabelecer um santuário de vida selvagem e um exemplo de conservação para as futuras gerações.

Últimas Notícias

Campo Cheiroso: uma área de conservação e conhecimento

Integrando as ações de pesquisa e conservação da Mata Atlântica do Sul da Bahia, o Instituto Floresta Viva se tornou o guardião de uma

Instituto Floresta Viva: Viveiro de Árvores Nativas recebeu mais de 250 visitantes entre os meses de abril, maio e junho 

Nos últimos meses o viveiro de árvores nativas do Instituto Floresta Viva recebeu mais de 250  visitantes, incluindo grupos de escolas, cursos técnicos, universidades,

Estudo traça panorama da Cacauicultura no litoral do Sul da Bahia

A região sul da Bahia é conhecida por sua beleza natural, riqueza litorânea e também pela atividade cacaueira que, por mais de 200 anos

Colabore com o Floresta Viva

Contribua para a preservação e desenvolvimento de um dos biomas mais importantes
e necessário para o Brasil e para o mundo.

Doe Sementes,
materiais e equipamentos
para nossas atividades.

Doe seu tempo.
Saiba com ser um voluntário
no Floresta Viva.

Doe Recursos.
Sua ajuda será direcionada
às necessidades prioritárias.